Sobre a ANGE

A ANGE surgiu como resultado do amplo processo de debate nacional acerca da reforma do currículo de economia, aprovada pela Resolução 11/84 do então Conselho Federal de Educação. Começou a ser organizada por ocasião do I Congresso Brasileiro dos Cursos de Graduação em Economia, realizado em 1985.

As atividades da ANGE são norteadas pelo compromisso com um projeto voltado para elevar a qualidade do ensino de economia em todo o país. A preocupação central da Associação com a qualidade aponta para um ensino de Ciências Econômicas referenciado no pluralismo que contemple, com rigor e consistência, a diversidade de leituras e interpretações teóricas, metodológicas e analíticas do saber econômico.

Buscando melhor desempenhar o seu papel, a ANGE incentiva a reciclagem de professores e profissionais de Economia, auxilia a montagem de grades curriculares, publica textos didáticos e de orientação acadêmica (Cadernos ANGE), organiza, promove e apoia Seminários e Encontros locais, estaduais, regionais e nacionais. Realiza, anualmente, um Congresso Nacional em que reúne para o debate sobre ensino de economia coordenadores de curso, professores, alunos e profissionais da economia.